e pra começar: quem vai colar os tais caquinhos do Velho Mundo?

salve, salve minha querida Web-Esfera!

direto das entranhas da Mãe Gaia para vossos olhos, ou o que é isso minha gente? e a pergunta que não quer nem deixa calar: pra que tudo isso?

depois de muito ler, reler, treler, ruminando o conhecimento de pelo menos 10.000 anos atrás, achei por bem iniciar um blogue aqui – com um pé no texto, e outro nos bits&bytes da informação. porque o Meio ainda é a Mensagem. ou será que não mais?

definitivamente: o Brasil não é para iniciantes! e por meio desse blogue, sem nenhum trocadalho do carilho, aqui é o lugar da blague.

de se informar.

de conhecer.

de sofrer catarse neurológica, cerebral, moral !!!

o foco, são materiais da Literatura Universal&Mundial que porventura ainda não foram vertidas à língua de Luís Vaz de Camões: o português, na sua vertente verde-amarela-bentevi-tupiniquim de Brazyl pós-temer e pré-KaosdoKoyzo. dentro desse escopo, vou tentar cobrir de tudo: livros, contos, teatros, músicas, filmes. e ainda: outras mídias que porventura surjam no meio do caminho! o que interessa é a sua versão em português, da raça brazuca, feita por mim mesmo que vos escreve.

melhor dizendo, não tenho poderes de predizer o futuro próximo, mas acredito que vou acabar publicando aqui coisas que não foram feitas por mim, pelo simples prazer de COMPARTILHAR o que deve ser visto, revisto, trevisto.

navegar é preciso, e surfar na internê também.

01-peq

luta e resiste!

fortes abraços do interior paulista

rlalmeida, ou porfírio, ou libório, ou bagre, ou, desde que a #internê é #rede, @846r3.